Connect with us
TES - Worlds 2020 TES - Worlds 2020

Esporte Eletrônico

Worlds 2020: Top Esports confirma favoritismo e vence Fnatic

Publicado

on

A terceira série das quartas de final do Worlds 2020 entrou para a história ao ser a primeira vez em todos os anos de torneio em que uma equipe começa perdendo de 0x2 e consegue a virada. A Top Esports levou dois sustos seguidos contra a Fnatic, que já era dada como derrotada desde a definição das eliminatórias, e conseguiu após 5 grandes partidas a vaga na semifinal, seguindo Suning, que venceu a JD Gaming, e a DAMWON, que venceu a DRX.

TES 0x1 Fnatic

Foto: Reprodução/Riot Games

Nem o mais apaixonado torcedor europeu esperava o espetáculo que a Fnatic deu na abertura da série melhor de 5. Os europeus já começaram o dia com uma exótica escolha para Bwipo, que entrou em campo com seu Singed disposto a perturbar 369 e seu Ornn. O início do jogo não foi o ideal para o toplaner, mas não fez diferença para a equipe da LEC, que tinha em foco algo mais importante: atrasar o máximo possível o crescimento de JackeyLove (Ezreal) no jogo.

E como atrasaram! Rekkles (Senna) e Hylissang (Rakan) não deram paz ao atirador adversário, punindo continuamente seu mau posicionamento e não permitindo que este fizesse companhia a Knight, que teve grande importância para a TES com sua Zoe, aplicando muito dano e controle de grupo em boas oportunidades de lutas. Para tristeza dos torcedores chineses, não foi o suficiente para lidar com a Fnatic.

TES 0x2 Fnatic

Se a Fnatic do primeiro jogo parecia muito bem preparada para o confronto, a do segundo mal tomou conhecimento da TES. Ashe e Braum compõem uma das botlanes mais seguras e “mornas” de League of Legends atualmente, mas não nas mãos de Rekkles e Hylissang. Contra a Senna de JackeyLove e Tahm Kench de yuyanjia, os europeus mostraram que a dupla de Freljord pode sim ser agressiva, e quem mais sofreu foi o suporte adversário, que morreu 5 vezes em menos de 13 minutos de jogo. O início do jogo foi tranquilo para o Gangplank de 369 contra o Ornn de Bwipo, mas Selfmade (Kindred) e Nemesis (Orianna) não estavam dispostos a deixar que um Gangplank desse outro show como o de Bin (Suning) no Worlds 2020.

O Sylas de Knight tinha uma coleção de boas ultimates para usar, o que certamente preocupou os europeus, mas, novamente, sozinho não podia fazer milagre, ainda mais com Nemesis inspirado, forçando bons feitiços de invocador e outros recursos dos chineses. Com todo o controle de grupo de ambas as composições, Bwipo se destacou nas lutas, aplicando boas ultimates de seu cabrito e anulando o poder da TES de explodir os adversários.

TES 1×2 Fnatic

Foto: Reprodução/Riot Games

Ou a TES agia imediatamente ou adeus ao Worlds 2020 (e ao bolão de milhares de pessoas pelo mundo). Bwipo (Ornn) foi solado por 369 (Sion) logo no início do jogo, e JackeyLove finalmente começou a mostrar porque é um dos jogadores mais admirados no torneio. Karsa (Lee Sin) e Knight (Orianna) garantiram o impacto pelo mapa, aproveitando a pressão das rotas laterais e conquistando abates e, principalmente, anulando a maior fonte de dano dos europeus contra 369, o Vel’Koz de Nemesis. A falta de mobilidade da Fnatic custou caro aos europeus, que entregaram a primeira vitória nas mãos da TES.

TES 2×2 Fnatic

A Fnatic literalmente precisava de um jogo apenas para garantir a vitória e a vaga no jogo contra a Suning no dia 25, então fizeram por merecer no começo do jogo. Novamente com bom desempenho, a botlane europeia com Ashe e Sett abriu muitas oportunidades para a equipe, com Hylissang sem medo de se jogar nos adversários e garantir alguns atordoamentos. Se nos primeiros jogos vimos Knight se destacando, agora a TES tinha um caçador extremamente inspirado após o bom desempenho de Lee Sin na terceira partida. Com sua Nidalee, Karsa não deixou barato a agressividade de Hylissang e cobrou muitos dos abates, tirando a Fnatic do jogo, não deixando que os europeus finalizassem a base adversária e garantindo a virada dos chineses.

TES 3×2 Fnatic

Demorou, mas a TES conseguiu brilhar como era esperado. Novamente com seu Lee Sin, Karsa começou o jogo perturbando a mente de Nemesis (Twisted Fate), sendo apenas o primeiro dos 4 abates conquistados pelo caçador. Ao contrário dos outros jogos, os chineses conseguiram finalmente se adaptar ao atirador e suporte adversários, dominando mais a rota e não permitindo que JackeyLove (Ezreal) fosse anulado como nas outras partidas. Apesar do bom desempenho de Bwipo (Gangplank), a Fnatic não conseguiu respirar durante a quinta partida, com uma TES muito mais segura de si e escolhendo melhor as lutas e objetivos. A Fnatic, muito apática, não levou nem sequer uma torre no jogo, perdendo de virada uma das séries mais marcantes da história do League of Legends mundial.

Próximos confrontos do Worlds 2020

Neste domingo a Gen.G e a G2 Esports se enfrentam a partir das 7h para definir o último classificado para as semifinais. O vencedor enfrenta a DAMWON Gaming no dia 24 de outubro.

Clique para comentar