Connect with us
Imagem de https://www.afoe.org/wp-content/uploads/2020/07/que-es-homofobia-AFOE-x2.jpg Imagem de https://www.afoe.org/wp-content/uploads/2020/07/que-es-homofobia-AFOE-x2.jpg

Games

Streamer Atlanta sofre ataque homofóbico durante sua live de partida online

Publicado

on

Nesta madrugada, o streamer e digital influencer @Atlanta_lol foi vítima de homofobia durante sua Soloq em League of Legends. As ofensas partiram principalmente de dois jogadores: unclesatanlol (também dono da conta FPZzhaoSATAN666) apoiado pelo usuário FIORA MECHANICS e vários de seus influenciados. Segundo a captura de tela feita por Atlanta no chat do lobby pós partida, unclesatanlol mostrou-se inconformado de perder a partida para uma pessoa “tchola”, sendo esta uma gíria ofensiva para se referir a uma pessoa homossexual. O jogador também afirma ter sofrido outras ofensas ao longo dessa e de outras partidas, como ameaças de morte por parte dos nomes já mencionados e seus seguidores.

Captura de tela do lobby pós partida durante live de Atlanta

Sendo Atlanta um membro da comunidade LGBTQIA+, a provocação foi com a intenção de ofender e desestabilizar o jogador. Entretanto, em entrevista exclusiva com a Play Times, Atlanta declarou não ter se deixado abalar: “Me senti na obrigação de mostrar ao público como agir numa situação dessas. Não me senti triste ou ofendido, mas sim disposto a conscientizar meus seguidores sobre como denunciar casos de homofobia. Gerei a denúncia e incentivei que as pessoas da live solicitassem um ticket no site da Riot para contarem o que aconteceu.”. Amigos e colegas streamers do site twitch.tv manifestaram-se solidários ao jogador.

Solicitação de ticket por Atlanta
Resposta da Riot até o momento

O perfil no Twitter @StreamerBans anunciou que a conta de FIORA MECHANICS foi banida da Twitch. O caso dele e de unclesatanlol segue sendo analisado pela Riot Games em busca de uma punição apropriada. Segundo a Agência Câmara de Notícias, “(…) a ofensa à dignidade e ao decoro em razão de homofobia e transfobia também é considerada crime de injúria. A pena prevista é a mesma de ofensa por questões de raça, cor, etnia, religião, origem ou a condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência: reclusão de um a três anos e multa.

Banimento de Fioramech da Twtich anunciado no Twitter

Além disso, de acordo com o site new.safernet.org.br “Homofobia é uma violação contra os Direitos Humanos que consiste na intolerância, discriminação, ofensa ou qualquer manifestação de repúdio à homossexualidade e à homoafetividade. A homossexualidade não pode ser considerada doença nem distúrbio mental pois significa a livre orientação de indivíduos saudáveis, responsáveis e conscientes dos seus direitos enquanto cidadãos. Homofobia é uma violação do Direito Humano fundamental de expressão da singularidade humana, assim como é um comportamento preconceituoso e imoral.”

Clique para comentar