A crise gerada pelo Covid-19 nas áreas da saúde e economia, não é mais novidade para ninguém. Passamos por um processo nebuloso que vai forçar mais uma vez o ser humano a evoluir em certos aspectos.
A quarentena forçou diversas modalidades a interromperem suas atividades, mas neste quesito os fãs dos esportes eletrônicos puderam ter um respiro de entretenimento em tempo real dentro do universo pandêmico. Campeonatos de League of Legends, CS:GO, Free Fire e outros mantiveram suas atividades com adaptações para zelar pela segurança dos trabalhadores e profissionais envolvidos no espetáculo.
O desafio das organizações agora – além da questão econômica – é manter rendimento dos atletas durante a pandemia, uma tarefa complicada para os membros dos times.

Pensando em esporte de alto rendimento, devemos prestar atenção em alguns aspectos que podem interferir na atuação do pro player nas partidas.
Sabe – se que para poder entregar seu melhor, o jogador necessita estar livre de preocupações externas e na atual situação isso significa ter a sensação de segurança própria e também de sua família. As organizações devem criar procedimentos sólidos para deixar os atletas confortáveis, assim como fornecer algum material para que suas famílias também tenham possibilidades de se proteger. A informação e procedimentos de segurança são seus maiores aliados neste momento.


Frequentemente os fãs podem pensar que não ter possibilidade de ir ao estúdio e, ter que competir de dentro dos Offices ou de suas casas, é um grande problema, mas não é bem assim na realidade. É claro que se perde um pouco do “glamour” da competição e a emoção dos torcedores presenciais, porém esses sentimentos podem ser tranquilamente equilibrados pelos gestores e comissão técnica de cada time. Os pontos positivos de competir dentro de um ambiente controlado e de uma certa zona de conforto são inúmeros, assim as situações de imprevisibilidade das modalidades coletivas ficam mais fáceis de serem contornadas e até mesmo aproveitadas. O poder de se comunicar, concentrar e organizar com um fluxo de pessoas, barulho e atividades reduzidas ao seu redor também é potencializado.

Durante este episódio pandêmico, é de extrema importância que os diretores dos times mantenham foco para os seguintes tópicos:
A rotina dos atletas, deve ser mantida rigorosamente. Atletas que vivem sem uma rotina e disciplina estipulada pela organização e um autopoliciamento não possuem um desempenho regular.
Transparência da equipe administrativa com os jogadores e comissão técnica. Em um momento de crise eles não podem ficar a mercê de boatos e especulações, isso gera medo e ansiedade que não irão agregar em nada neste momento.
Por fim, fã do e-sport, pegue sua pipoca e algo para beber e aproveite sua quarentena com jogos de qualidade EM CASA.