Connect with us

CS:GO

FURIA vence BD e domina a Liga Feminina GC de setembro

Publicado

on

A vitória

No último domingo (20), as jogadoras do lineup feminino da FURIA venceram as adversárias da Black Dragons por 2-1 na final da Liga Feminina Gamers Club de Counter-Strike: Global Offensive. Além de manter a invencibilidade da equipe, as jogadoras também faturaram 3,5 mil reais como prêmio pela vitória.

Foto: Reprodução/Twitter

O primeiro mapa: Overpass

O mapa responsável pela abertura da série, Overpass, teve o seu primeiro tempo equilibrado. As duas equipes pontuavam de forma quase simultânea, mas as jogadoras da FURIA tomaram a vantagem no último round, fechando a etapa com um placar de 8-7.

No segundo tempo, as panteras aproveitaram a vantagem criada anteriormente, acertando o ataque sem deixar brechas para um retake adversário. Com essa atitude, as Furiosas conseguiram encerrar o mapa com um placar de 16-8.

O segundo mapa: Nuke

O segundo mapa, Nuke, começou com a conquista do pistol round pela BD. Em seguida, as adversárias, com destaque para Karina “kaah” Takahashi, viraram o placar para 3-1. Porém, esse avanço serviu para acordar a Black Dragons, que adotou uma defesa sólida e conseguiu se recuperar, fechando o primeiro half com uma pontuação de 11-4.

A torca de lados no segundo tempo fez bem à estratégia da FURIA, que conquistou cinco rodadas em sequência direta. Contudo, depois disso a BD acordou e dominou os rounds seguintes, encerrando o mapa em 16-9 e empatando a série.

O último mapa: Train

O mapa escolhido para finalizar a série foi o Train. Nele, a BD teve um início avassalador, onde disparou com 6-1. Entretanto, a FURIA acordou nesse ponto e, apesar de não conseguir virar o jogo, diminuiu a desvantagem que detinha e encerrou o primeiro tempo com um placar de 9-6.

Porém, no segundo half, as panteras voltaram determinadas, vencendo o pistol e os dois rounds subsequentes. A BD tentou resistir, mas a defesa da FURIA se tornou firme e suas jogadoras fecharam o mapa com um placar de 16-13, vencendo a série.

A conclusão do campeonato

Com a vitória, a FURIA assumiu o primeiro lugar da competição, arrebatanto o prêmio de 3,5 mil reais. O segundo lugar, acompanhando o prêmio de 1,5 mil reais, ficou para a Black Dragons. O terceiro lugar ficou com a Soberano, que recebeu R$500 pela classificação.

Essa edição da Liga Feminina GS ocorreu entre os dias 9 e 20 de setembro, e contou com a participação de 26 equipes.

Veja também: FURIA vence Evil Geniuses, se mantendo invicta na ESL Pro League

Clique para comentar