Nesta quinta-feira (13), o jogo em sua versão para dispositivos móveis foi retirado da AppStore e PlayStore após uma disputa jurídica entre a desenvolvedora do jogo e as companhias, as quais, afirmam que tiveram suas diretrizes violadas pela Epic.

Imagem: Fortnite Mobile / Reprodução: The Verge
Reprodução: The Verge

A Epic Games, desenvolvedora do jogo, adicionou uma forma de pagamento direta para o jogo no sistema iOS e Android com o objetivo de burlar as diretrizes da Apple Store e Play Store, onde por meio do acordo fechado com as companhias deveriam estar repassando 30% de suas transações. Essa forma de pagamento direta veio junto com uma promoção da Epic para a compra de V-bucks (Moeda utilizada dentro do jogo), onde quem realizasse esse pagamento direto teria o desconto de 20% em relação ao preço cobrado com as taxas impostas pelas companhias.

DOWNLOAD DO FORTNITE CONTINUA DISPONÍVEL PARA ANDROID

Foi confirmado em comunicado que o Google baniu o jogo da sua loja de aplicativos: “Embora permaneça disponível no Android, não podemos mais disponibilizá-lo na Play Store porque viola nossas políticas. No entanto, deixamos em aberto a possibilidade de continuar nossas discussões com a Epic e trazer o Fortnite de volta ao Google Play”.

A Epic Games previu que isso aconteceria e aproveitou o ocorrido para debochar da Apple. Em uma publicação em seu Twitter, a conta oficial do Fortnite anunciou a “estreia” de um falso documentário em curta-metragem chamado Nineteen Eight-Fortnite. Essa paródia faz uma referência sarcástica ao famoso anúncio da Apple exibido no Super Bowl de 1984. O comercial mostrava a Apple “derrubando” um regime extremo parecido com o visto na obra 1984, de George Orwell — esta seria uma ironia ao suposto monopólio praticado pela App Store.

Compartilhar:

Editor; Graduando em Direito; Mono Thresh.