Connect with us

Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077: História Completa Parte 2 (Anos 2000)

Publicado

on

Dando continuidade da matéria sobre Cyber Punk 2077 História Completa Parte 1 (Anos 1990), temos:

Em 2000, uma praga atinge os EUA e Europa, matando centenas de milhares de pessoas. Em 2001, início da Net. Em 2003, os EUA invadem países da America Latina como a Venezuela, Colômbia, Peru e Equador em um conflito que ficou conhecido como a Segunda Guerra da América Central, que foi considerado um desastre e custou milhares de vidas.

Neste mesmo ano, a “Gangue dos 4” é eliminada do governo, acontecendo uma Reforma com a volta das eleições, que foram fortemente influenciadas pelas corporações.

Se tratando de tecnologia, em 2004 foi o ano do primeiro tecido clonado e começando também a Primeira Guerra Corporativa entre a EBM versus Orbital Air. Isso aconteceu porque ambas corporações estavam interessadas em comprar outra empresa que estava falindo. Tendo sequestro da Orbital Air, pela EBM que só teve fim quando a Orbital conseguiu fazer com que o CEO da EBM se render, terminando a guerra somente em 2005. Nisso, as organizações começaram a perceber que elas poderiam usar seu poder militar para ter vantagem nas negociações.

Em 2007, uma universidade da Califórnia, desenvolve uma tecnologia de Brain Dance, permitindo reviver experiências de outras pessoas. Foi criada para ser usada por prisioneiros, mas foi passando para a área militar, na psicologia e no entretenimento.

O mesmo ano também foi quando começou a Segunda Guerra Corporativa, entre as principais empresas do combustível, PRETROCHEN (EUA) e a SOVOIL (Nova Soviética). Isso aconteceu porque em 2005, as duas empresas estavam assinando um acordo para explorarem juntas uma região da Sibéria. Onde a SOVOIL tinha o domínio da região e a PRETROCHEN com a tecnologia.

Só que antes do acordo ser assinado, a SOVOIL conseguiram desenvolver uma tecnologia para extração do petróleo, dando por fim o acordo. Nesse momento delicado, ambas empresas descobriram um campo de petróleo em um arquipélago perto da China, Vietnã e Malásia, mas que não pertence à nenhum deles.

Imagem: Divulgação/ CD Projekt Red
Cyber Punk 2077. Imagem: Divulgação/ CD Projekt Red

As empresas mandaram tropas, mas o clima de guerra estava prejudicando a região. Os 3 países realizaram uma conferência para que as empresas pudessem chegar em uma solução diplomática. Dividindo o arquipélago, a SOVOIL ficou com a parte norte e a PRETROCHEN com a parte sul.

Quatro meses depois da conferência, a plataforma da PRETROCHEN explodiu e matou 173 funcionários, derramando óleo no arquipélago. A empresa acusou a SOVOIL de sabotagem. Em resposta, a SOVOIL colocou que a empresa vizinha não tinha equipamentos de seguranças adequados, sendo um erro dela.

Sem chegar em um acordo, a PRETROCHEN destruiu uma plataforma no dia 1 de abril de 2008, com 103 funcionários mortos, por meio de um submarino. A SOVOIL localizou este submarino e comprovou a sabotagem, iniciando a guerra. Os 3 países da conferência, perceberam isso e pediu para chegarem em outra solução diplomática ou ambas seriam expulsas do arquipélago, mas a SOVOIL continuo com o ataque. Isso teve muito impacto no meio ambiente, com destruição do mar.

Os países não conseguiram chegar em uma conclusão. A Malásia se aliou com à PRETROCHEN, as Filipinas e Vietnã se aliaram à SOVOIL e a China e Indonésia renunciaram a conferência. A SOVOIL acabou tendo algumas vantagens e dominou todo o território quando a PRETROCHEN se retirou em 2010.

O texto dessa história de Cyber Punk 2077, foi feito com base no vídeo da Kika Martini. Os próximos Anos terão matérias aqui na PlayTimes, acompanhe esta série.

Leia a continuação aqui: Cyberpunk 2077: História Completa Parte 3 (Anos 2010).

Formado em economia, ator e apaixonado por games!

Comentários