*ATUALIZADO EM 16/08 ÀS 22:00*

A ACUSAÇÃO

Na noite deste sábado (15), Letícia Rosa, ex-namorada do jogador profissional de League of Legends Marcelo “Ayel” Mello, criou publicações em seu perfil do Twitter onde relata supostas agressões físicas e psicológicas que sofreu em um relacionamento abusivo com o jogador.

Segundo informações postadas pela suposta vítima, a mesma era inferiorizada, xingada na rua e tinha marcas pelo corpo pelo fato de “Ayel” segurá-la com força, além de persegui-la.

Ex-namorada do Ayel- @maravirosad
Denuncia realizada pela ex-namorada de Ayel – Foto: Internet
Twitter - @maravirosad
Letica relata suposta perseguição por Ayel – Foto: Internet
Twitter - @maravirosad
Print de conversa mostra Ayel pedindo que Leticia o desbloqueasse Foto: Internet

Letícia provavelmente não deve ter esperado o tamanho da repercussão, pois, depois de algumas horas privou seu perfil, onde sofreu ataques dos fãs do jogador.

PRONUNCIAMENTO E DEFESA

Não demorou muito para que uma outra ex-namorada do jogador aparecesse para defendê-lo, onde revela ficar assustada com a acusação sem prova alguma.

Marcela Abreu defende ex-namorado Foto: Internet

Por volta das 20:00 deste domingo (16), o jogador Marcelo “Ayel” se pronunciou publicamente em seu perfil do Twitter onde também comenta sobre o ocorrido, em nota ele diz:

Boa noite, acredito que muita gente tomou conhecimento do ocorrido em relação a minha pessoa. Tivemos sim divergências
de ideias ao longo do relacionamento, porém nunca houve nenhum tipo de desrespeito entre nós. Nunca relacionei nenhum adjetivo pejorativo à pessoa dela publicamente ou a sós. Nunca fui agressivo com ela tanto fisicamente quanto verbalmente, não fiz uso da força pra apertá-la, agredí-la e nem machucá-la. Sou contra a ideia de descontar
frustrações pessoais em outras pessoas ou se estressar com coisas fúteis, tudo é conversado e agressão, seja ela verbal ou física, não é solução. E por último, tenho que dizer que achei um absurdo dizer que eu vigiava os seus passos. Eu não a visitava por ela morar em um lugar muito perigoso aqui no RJ (não citarei nomes). E sim, eu tinha medo de ir visitá-la, tanto é que só fui ver ela UMA vez na casa dela em quase 1 ano de namoro. Inclusive foi dito que o nosso namoro terminaria caso eu não a visitasse, tomei coragem e o fiz pra que na época o relacionamento não fosse por água abaixo. Além disso, em 2 anos após o término eu mandei 3 mensagens pra ela. A primeira vez eu queria conversar para que pudéssemos ser amigos apenas, não gosto de ter intriga ou assunto mal resolvido com pessoas que fizeram diferença ou parte da minha vida. Acabou que a ideia não deu certo. A segunda vez eu mandei mensagem me desculpando, ao longo do pós término percebi que podia ter sido mais compreensível com ela, poderia ter sido mais presente, não ter tido inseguranças sem fundamento, reservado mais tempo de atenção ao relacionamento (já que eu tava 100% focado no jogo na época) e podia ter tido um melhor equilíbrio entre sair e ficar em casa, já que eu era muito caseiro e ela gostava muito de sair. Já a terceira e última foi a print que relataram sobre eu pedir que ela me desbloqueasse para que pudéssemos conversar, já que eu tava bloqueado de tudo há 2 anos por conta do término.
Em relação ao suposto braço roxo, na nossa conversa na época nós claramente estávamos procurando uma resposta em relação a isso, não chegamos em uma conclusão. É nítido na conversa que não houve nenhuma intenção de agressão física ou raiva, tanto é que não há contexto de briga. E não, eu não estava com ciúmes de ninguém na festa, estávamos entre colegas e amigos os quais eu confiava e não estava nem um pouco incomodado com a situação.
Bom, a história toda é essa. Infelizmente todo o exposto foi considerado uma ‘diversão da noite’ enquanto pra mim foi um inferno, ter que lidar com uma falsa acusação não é fácil. Nunca tive nenhum problema com agressão, ataques de raiva ou desrespeito em nenhum relacionamento que tive. Não sou e nunca serei um agressor. Infelizmente também fui obrigado a expôr uma parte da minha pessoal, e cara, isso é péssimo.

Marcelo Ayel se pronuncia Foto: Internet
POSSÍVEIS PROVAS

Após tamanha repercussão, muita gente defendendo ambas as partes, a Letícia, possível vítima, decide vazar todos os prints que supostamente culpam o jogador “Ayel“. Confira na íntegra:

Conversa de Ayel com outra garota Foto: Internet
Conversas entre Letícia e Marcelo Ayel Foto: Internet
Letícia conversa com irmã de Marcelo Ayel
Conversas entre Letícia e Marcelo Ayel Foto: Internet
Conversas entre Letícia e Marcelo Ayel Foto: Internet
Letícia em seu perfil do Twitter Foto: Internet

Reforçamos que somente no Poder Judiciário poderá ser feita a justiça, nosso portal apenas informa o que foi relatado nos acontecimentos.
Nos acompanhe e não perca nenhuma novidade

Compartilhar:

Editor; Graduando em Direito; Mono Thresh.