A quarentena prejudicou inúmeras corporações quando o assunto é ficar em casa, porém nem todas foram tão afetadas assim.

A empresa Riot Games informou que devido a quantidade de pessoas de quarentena, o número de indivíduos que entraram no jogo no início da pandemia, chegou a um pico de 90% da capacidade do servidor Norte-Americano, causando longas filas de espera para entrar, travamentos no meio das partidas, fazendo com que os criadores de League of Legends tomassem algumas atitudes, como a criação de uma Whitelist, possibilitando que jogadores profissionais e criadores de conteúdo pudessem entrar sem passar por filas, liberando o acesso dos mesmos com o pensamento de que se os jogadores não conseguirem jogar, pelo menos podem assistir os seus jogadores favoritos jogarem.

Pode se notar também, que durante a quarentena, a quantidade de espectadores assistindo os jogos oficiais do CBLOL (Campeonato Brasileiro de League of Legends), cresceu cerca de 89%, atingindo um pico de 337 mil espectadores simultâneos comparando a Semana 1 do CBLOL 2019 e 2020, mostrando que o início da pandemia contribuiu para o sucesso de audiência que o torneio vem mostrando.

Torneio organizado pelo streamer Gustavo “Baiano” Gomes, arrecadou cerca de 125 mil reais. FOTO: REPRODUÇÃO / TWITTER: @BAIANOLOL1

O inicio da quarentena fez com que fossem criados atividades para arrecadar dinheiro para ajudar no Tratamento do COVID-19, como o torneio criado pelo streamer Baiano, em que arrecadou aproximadamente 125 mil reais que foram doados para instituições que ajudavam no tratamento e prevenção contra o Corona Virus.

Para ficar mais informado sobre o cenário do E-Sports clique aqui.

Compartilhar:

author